domingo, 20 de março de 2016





                   MANIFESTO BRASIL ESPERANÇA



                                    Murilo Moreira Veras


           Não obstante  minha vivência  ultrapassar mais de oito décadas, continuo lúcido e perfeitamente apto à consecução de atividades, inclusive as de minha pertinência, o afazer literário, por conseguinte pronto e adestrado  a contribuir para a elevação do País.
          Cada vez me estarrece o desenrolar dos acontecimentos em nosso País, enquanto, sem me furtar, acompanho todos os fatos que contracenam  nossa realidade, cenário que se esgarça por todo o Mundo, e mais precisamente no Brasil, atualmente engolfado num vendaval de perplexidades.
Impossível nos furtar à roda viva em que vivemos,  cada minuto contando para o acirramento das improbidades  que nos açoita, mercê de disputas execráveis, fragilidades de honra e caráter dos agentes envolvidos. Ao invés da dignidade, fervor à Pátria – o solidarismo sincero e autêntico entre as pessoas - assistimos vicejar entre esses, a infâmia, a peçonha, o desacerto  e a falta de caráter e vergonha, indignidades que contribuem para o verdadeiro lamaçal em que, infelizmente, se tornou nosso ambiente político e institucional..
           Não nos enfraquecem, tampouco nos acovardam a truculência, a insânia e a virulência  exercidas por pessoas e grupos espúrios, posto que  fortalecidos no  fervor ao cumprimento do dever para com a Pátria, enquanto nos norteiam os princípios fundamentais do Direito, da Razão e da Justiça, sob os eflúvios perenes da Onipotência Divina.
           Concito os Amigos internautas, que têm me honrado com suas presenças em seus acessos diários a, diante dessa realidade, nos unirmos  e que  jamais nos esmoreçamos, quando os objetivos atingíveis são o fervor pela Verdade, a salvaguarda às Instituições Democráticas e, sobretudo o amor à Pátria, momentaneamente ferida.

Bsb, 20.03.16

Nenhum comentário:

Postar um comentário